Artigos

Membro da VVS, Diógenes Carvalho é eleito novo presidente do Brasilcon

Publicado por Assessoria em 25/05/2018

Membro da Vellasco, Velasco & Simonini Advogados, Diógenes de Faria Carvalho foi eleito presidente do Instituto Brasileiro de Política e Defesa do Consumidor (Brasilcon) para o biênio 2018/2020. Advogado doutor em psicologia comportamental, ele é o primeiro goiano a se eleger membro chefe da entidade civil que rege a jurisprudência referente ao Direito do Consumidor no País.

Diógenes Carvalho foi empossado na noite da última quarta-feira (23) durante o XIV Congresso Brasileiro de Direito do Consumidor, promovido pela Brasilcon, em São Paulo. Foram três dias de encontro em que professores, pesquisadores, advogados, juristas, estudantes e autoridades de todas as partes do mundo discutiram novos caminhos para as relações de consumo.

Atual Conselheiro Titular do Fundo de Defesa de Direitos Difusos do Ministério da Justiça e vice-presidente da Comissão de Direito do Consumidor da Ordem dos Advogados do Brasil ? seção Goiás (OAB-GO), Diógenes Carvalho possui extenso e gabaritado currículo de atuação e reconhecimento nacional e internacional.

Hoje com pós-doutorado em andamento pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), é professor adjunto da Universidade Federal de Goiás (UFG) e também integra o quadro docente da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO), da Universidade Salgado de Oliveira (Universo) e do Centro Universitário Alves Faria (Unialfa).

Em dezembro último Diógenes Carvalho foi contemplado com o Prêmio CDEA, do Centro de Estudos de Direito Europeu e Alemão, recebido na Universidade de Heidelberg, uma das instituições de maior prestígio na Alemanha.

A respeito de sua atuação frente ao Brasilcon, o novo presidente reforça que os trabalhos tendem a aumentar. "O lado do consumidor tem sido o mais frágil, mas o direito do consumidor, como qualquer outra área do Direito, não para. Cresce em possibilidades, recua ou avança em novos produtos, novos serviços, novas (e até inimagináveis) formas de consumir. Com esse vasto material e o apoio da diretoria, dou prosseguimento à garantia de inclusão do direito do consumidor na política e na sociedade brasileira, pois o conhecimento é a chave da liberdade e da independência de um povo", afirma.

Artigos recentes

ADVOCACIA FUTURISTA E AS NOVAS IDEIAS CONTRATUAIS

Publicado por Mariana Motta Ribeiro em 02/04/2018

QUANDO UM CONSUMIDOR PODE DESISTIR DE UMA COMPRA JÁ EFETIVADA?

Publicado por Pedro Vellasco A. de Amorim em 22/03/2018

ELEIÇÕES 2018 - O QUE MUDA NO MUNDO DIGITAL?!

Publicado por Mariana Motta Ribeiro em 20/11/2017

DO VALOR DA CAUSA EM AÇÃO DE REPARAÇÃO POR DANOS MORAIS NO NOVO CPC

Publicado por PEDRO VELLASCO AZEVEDO DE AMORIM em 31/08/2016

O INCIDENTE DE DESCONSIDERAÇÃO DA PERSONALIDADE JURÍDICA NO NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL

Publicado por Leonardo Henrique Schutz de Oliveira em 07/10/2015